Degustação

11/09/2013

Lançamento dos vinhos Cattacini no Bar dos Descasados!

Olá Pessoal, Bem vindos à TV Sommelier!

Noite agradável de inverno. Com o céu estrelado parecendo a mais quente noite de verão. Prenúncio de bons vinhos. O engenheiro, apaixonado por vinhos, Luiz Carlos Cattacini Gelli, estava radiante recebendo os convidados no Bar dos Descasados, em Santa Tereza, no Rio de Janeiro, para apresentar as suas duas novas criações da marca Cattacini.

O Cattaccini Barbera 2011 e o Espumante Rosé Extra Brut Cattacini.
Gelli produz seus vinhos sem vinhedos ou vinícolas. Ele escolhe e compra as uvas.
Depois parte para a vinificação usando instalações de outras vinícolas.
É o próprio Gelli que fala sobre seus vinhos para a TV Sommelier.

Luiz Carlos Cattacini Gelli: ” Esses vinhos são feitos de forma exclusiva. O que é um vinho exclusivo? É um vinho feito com todo o cuidado desde o inicio ao fim. É uma produção muito pequena, esmerada, todos os detalhes são levados em consideração, principalmente o estilo do vinho. A marca Cattaccini tem essa preocupação, de fazer vinhos que espelhem a alma da Cattaccini, que no fundo sou eu. Esse espumante, por exemplo, é um vinho feito só de uvas tintas. São cinco uvas tintas. É um corte bastante diferente; uma coisa que você não vê normalmente no mercado. Então é um vinho de bastante personalidade. Porque é um vinho bem seco, com acidez pronunciada, ideal para uma harmonização com vários pratos da gastronomia. O tinto eu poderia dizer a mesma coisa sobre o espumante, só que ele é um vinho feito com uma única variedade que é a Barbera, uma uva originária do Piemonte, que teve seu auge, seu esplendor, no Brasil no início do século XX, e por volta de 1970 entrou em declínio e hoje nós temos pequena ilhas de produção de Barbera no país e essa é uma outra coisa que me atrai: procurar uvas que são históricas.”

Eu adorei o Barbera 2011, será que é porque sou sagitariana ???

Compratilhe com seus amigos:

Comentários