Harmonização

25/08/2012

Jorge Lucki no Lorenzo Bistrô

Olá pessoal!!! Bem vindos à TV Sommelier!

O comentarista de vinhos da CBN, Jorge Lucki, fez uma brincadeira deliciosa para os convivas do Lorenzo Bistrô. Lucki junto com Nick Barcelos, chefe do Lorenzo, prepararam um jantar harmonizado com os vinhos da Mercovino. A simpática recepção ficou por conta do Janjão que proporcionou uma noite especial aos participantes do jantar.

Jorge Lucki:  ” Tinham dois pratos a base de peixe, a base de pescado, uma vieira e um peixe, aí fui buscar dois vinhos brancos e a brincadeira toda era colocar com esses dois pratos, a entrada e o primeiro prato, dois vinhos com características diferentes mas com a brincadeira de um provocar o outro. Ou seja, cada um dos convivas podia escolher o vinho que preferia mais com aquele determinado prato, quer dizer era um cruzamento onde as opiniões podem variar, gosto é soberano. Em relação aos vinhos tintos, muitas vezes não tem muito segredo, vinho tinto vai com carne. Ou no caso, você tinha uma massa, uma massa muito bem feita com molho de tomate. E aí você precisa de um vinho que é tinto que tenha um bom frescor, mas com essa massa você não pode pegar um vinho muito pesado que é ao contrário do prato principal que era uma carne de boi, que era fibrosa e aícasino online você precisa de um vinho com mais consistência. Com o prato de massa era um vinho tinto, os dois eram italianos, um vinho tinto um pouco mais delicado mas tinha taninos e principalmente tinha frescor, que é o fundamental para combinar com um molho de tomate e com as linguicinhas um pouco picantes que tinham lá. E com o prato principal você tinha uma carne, era uma carne fibrosa, no ponto, perfeita e você precisava de um vinho que tivesse um pouco de estrutura e um pouco de tanino, no caso foi um Brunello di Montalcino. O queijo foi uma surpresa e uma proposta diferente pro pessoal, porque o queijo é um intermediário, os franceses gostam muito de terminar uma refeição, quer dizer prato principal e depois do prato principal vir o queijo, mas é meio complicado, porque o queijo não combina necessariamente com vinho tinto. Então, a minha proposta foi uma proposta um pouco diferente, um pouco surpreendente, que era colocar um vinho branco meio doce que era uma entrada , uma porta de entrada para a sobremesa. Sobremesa com chocolate é sempre um problema porque não é todo o vinho que combina com o chocolate. Chocolate é um ingrediente um produto um pouco delicado, que tem o cacau, o cacau traz um certo amargor. E você colocar um vinho que tem que ser doce e que tem que combater um pouco esse amargor, você não tem muitas alternativas. A mais comum é você colocar um vinho do Porto, eu poderia ter colocado um vinho do Porto, mas o que eu tentei fazer foi colocar um vinho um pouco diferente que é um vinho específico, que é uma combinação clássica de sobremesa com chocolate que é o Banyuls , que é um vinho do sul da França.”

Compratilhe com seus amigos:

Comentários